Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
sexta-feira, 19-04-2019
PT | EN
República Portuguesa-Cultura Homepage DGLAB

Skip Navigation LinksPesquisaAutores1

Biografia

Biografia
                  

Violeta Figueiredo  
[Figueira da Foz, 1947]  

Violeta Crespo Figueiredo, nascida em meados do século XX, junta à sua experiência como guionista para a televisão a de professora do Ensino Secundário (é licenciada em Filologia Românica), o que não explica, porém, a variedade de linhas de trabalho exploradas dentro do número significativo de livros já publicados para crianças. (Registe-se, de passagem, que a Autora, aposentada já do ensino, se tem dedicado também à pesquisa histórica, sobretudo na região da Figueira da Foz, sua terra natal, de que têm resultado artigos diversos.)

Com efeito, se com A casa da floresta, um conjunto de pequenos textos de sabor poético, se dirige à faixa etária dos 5-6 anos, já com Os donos da praia, curta novela de intensões pedagogicamente ecológicas, visa o público leitor de 7-8 anos. Eram férias e havia sol (Prémio Verbo/ Semanário), a que deu continuidade Mistérios em tempo de aulas, insere-se no grupo de livros ditos de aventuras (10-12 anos), embora mais conseguidos ao nível da captação de ambientes, da caracterização de personagens e sentimentos do que propriamente do mistério do enredo.

No entanto, foi como poeta (o seu livro Fala bicho obteve, em 1991, o Prémio Inasset/ Inapa de Inéditos de Literatura Infantil, promovido pelo Centro Nacional de Cultura) que granjeou o lugar de destaque que, sem dúvida, lhe cabe na literatura infantil portuguesa. A originalidade dos seus textos, em que imperam a personificação, trocadilhos e jogos de aliterações e assonâncias, é notável, e distingue-se pela forma curiosa e límpida com que se apresentam situações em que o humor (por vezes de nonsense) se entrelaça com o lirismo. Esta linha de trabalho tem-se prolongado noutros livros de visível qualidade como O gato do pêlo em pé.

De referir ainda a peculiar vocação de alguns textos da autora para o álbum, destinado às primeiras idades, de que são excelentes exemplos Portas e Portões.


Bibliografia selectiva: Marilu Micifu (1981), Lisboa: Plátano; A história das portas (1979), Lisboa: Plátano; Eram férias e havia sol (1990), Lisboa: Verbo; Mistérios em tempo de aulas (1991), Lisboa: Verbo; Fala Bicho (1992), Porto: ASA; A casa da floresta (1994), Porto: Desabrochar; Os donos da praia (1995), Lisboa: Verbo; O gato do pêlo em pé (1997), Lisboa: Caminho; A excursão dos gambozinos (2001), Lisboa: Gailivro; A verdadeira história da Formiga Rabiga (2001), Vila Nova de Gaia: Gailivro; Gambozinos marinheiros (2002), Vila Nova de Gaia: Gailivro; Tempo maluco (2003), Vila Nova de Gaia: Gailivro, 2003); Portas (2008), Porto: Porto Editora; Portões (2008), Porto: Porto Editora.
[Maria José Costa]
02/2012