Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
sexta-feira, 19-04-2019
PT | EN
República Portuguesa-Cultura Homepage DGLAB

Skip Navigation LinksPesquisaAutores1

Biografia

Biografia
                  

Guilherme de Castilho  
[Vila Nova de Foz Côa, 1912 - Lisboa, 1987]  

Diplomata, conferencista, ensaísta e crítico.

Licenciado em Ciências Histórico- Filosóficas pela Universidade de Coimbra, distinguiu-se como biógrafo de autores portugueses contemporâneos. Foi encarregado de negócios em Pretória e Copenhaga, cônsul em Hong-Kong e embaixador em Santiago do Chile e Viena de Áustria. A par das suas funções de diplomata, proferiu conferências sobre literatura portuguesa em diversas instituições e universidades no estrangeiro, nomeadamente na Sorbonne e na Universidade Católica de Paris.

Prestou valiosa colaboração a quase todos os jornais portugueses de grande tiragem e em revistas, designadamente Revista de Portugal, Seara Nova, Aventura, Colóquio e Presença, com ensaios e críticas. Destes, assumiu elevado destaque o estudo «Alberto Caeiro: Ensaio de Compreensão Poética», publicado no número da Presença de homenagem a Fernando Pessoa (1936). Foi, ainda, redactor da revista Estudos.

Colaborou em Perspectivas da Literatura Portuguesa do Século XIX, dirigida por João Gaspar Simões, com um ensaio sobre a ficção de Júlio Lourenço Pinto (1947). Prefaciou a Obra Poética de Saúl Dias e duas séries de Os Melhores Contos Portugueses, que também seleccionou e anotou.

Destacam-se de Guilherme de Castilho os estudos que se referem a António Nobre e a Raúl Brandão, pelo empenho e rigor com que neles se detém, numa cuidada, inteligente e só ocasionalmente especulativa articulação entre os dados biográficos e a análise textual das respectivas obras.
in Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, Vol. IV, Lisboa, 1997