Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
quinta-feira, 15-04-2021
PT | EN
República Portuguesa-Cultura Homepage DGLAB

Skip Navigation Linkspremio_oceanos_2020

ITAMAR VIEIRA JÚNIOR VENCE PRÉMIO OCEANOS 2020

ITAMAR VIEIRA JÚNIOR VENCE PRÉMIO OCEANOS 2020
Data :
15/12/2020

O romance de estreia de Itamar Vieira Júnior, Torto Arado, acaba de vencer o Prémio Oceanos. Em 2018 ganhou o Prémio LeYa. 




O romance de estreia de Itamar Vieira Júnior, Torto Arado, acaba de vencer o Prémio Oceanos. Já tinha obtido este ano no Brasil o Prémio Jabuti de Literatura, e fora galardoado com o Prémio LeYa em 2018. (No Brasil foi publicado pela Todavia, e em Portugal pela LeYa.)

Itamar Vieira Junior nasceu em Salvador da Bahia em 1979. É geógrafo e doutor em Estudos Étnicos e Africanos, com pesquisa sobre a formação de comunidades quilombolas no interior do Nordeste brasileiro. Publicou a coletânea de contos A Oração do Carrasco (2017), finalista do Prémio Jabuti de Literatura.

Em 2º. lugar do Prémio Oceanos ficou A visão das plantas, de Djaimilia Pereira de Almeida (Relógio D'Água), autora portuguesa que em 2019 venceu o Prémio Oceanos, e em 3º. lugar Carta à rainha louca, de Maria Valéria Rezende (Alfaguara).

Em Portugal, o Prémio Oceanos tem a DGLAB como entidade parceira e patrocinadora.



Livros finalistas do Oceanos 2020:


A cidade inexistente, de José Rezende Jr. (7Letras) ~ romance brasileiro
A ocupação, de Julián Fuks (Companhia das Letras Brasil e Portugal) ~ romance brasileiro
A visão das plantas, de Djaimilia Pereira de Almeida (Relógio D’Água) ~ romance português
As durações da casa, de Julia de Souza (7Letras) ~ poesia brasileira
As solas dos pés de meu avô, de Tiago D. Oliveira (Patuá) ~ poesia brasileira
Autobiografia, de José Luís Peixoto (Quetzal, em Portugal, e TAG Livros, no Brasil) ~ romance português
Carta à rainha louca, de Maria Valéria Rezende (Alfaguara) ~ romance brasileiro
Obnóxio, de Abel Barros Baptista (Tinta-da-China) ~ crônicas portuguesas
Sombrio ermo turvo, de Veronica Stigger (Todavia) ~ contos brasileiros
Torto arado, de Itamar Vieira Junior (Todavia, no Brasil, e LeYa, em Portugal) ~ romance brasileiro


Júri Final

O Júri Final, entre novembro e meados de dezembro, analisou os 10 finalistas para eleger os três vencedores. Foi composto pelos portugueses Joana Matos Frias (professora, escritora e tradutora) e Carlos Mendes de Sousa (professor); pelo angolano Ondjaki (escritor); pela santomense Inocência Mata (professora e crítica literária), e pelos brasileiros Angélica Freitas (poeta), João Cezar de Castro Rocha (professor) e Viviana Bosi (professora).

O valor total do prémio desta edição soma 250 mil reais: o livro vencedor recebe 120 mil; o segundo colocado, 80 mil; e o terceiro, 50 mil.