Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
quarta-feira, 01-04-2020
PT | EN
República Portuguesa-Cultura Homepage DGLAB

OCEANOS – PRÉMIO DE LITERATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA

OCEANOS – PRÉMIO DE LITERATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA
Data :
02/03/2020

As inscrições para a edição de 2020 do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa estão abertas de 2 de março a 5 de abril.






Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa

abre inscrições para edição de 2020

As inscrições para a edição de 2020 do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa estão abertas a partir das 12h da segunda-feira, dia 2 de março, até as 23h59 de 5 de abril (domingo) horário de Brasília. Podem ser inscritos romances, livros de poesia, conto, crónica e dramaturgia publicados entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2019. Concorrem obras editadas em qualquer lugar do mundo, desde que escritas originalmente em língua portuguesa.

As inscrições podem ser feitas pela editora e/ou pelo autor, com o preenchimento da ficha de inscrição, a assinatura digital do Termo de Responsabilidade e a inclusão da obra inscrita em formato PDF no site https://www.itaucultural.org.br/oceanos/, mesmo que tenha sido publicada apenas em versão impressa.

A tecnologia desenvolvida pelo Núcleo de Inovação do Itaú Cultural permite que todos os concorrentes sejam avaliados numa plataforma digital por júris internacionais, compostos por escritores, poetas, professores e críticos literários dos países membros da Comunidade do Países de Língua Portuguesa (CPLP), de três continentes.

As inscrições ao prémio vêm aumentando exponencialmente a cada edição, resultado dos esforços do Oceanos para alcançar editoras com publicações em língua portuguesa em todo o mundo.

Processo

O processo de avaliação do Oceanos é realizado em três etapas. Na primeira, o Júri de Avaliação elege as 50 obras semifinalistas entre os concorrentes, e escolhe, por votação, os membros dos júris subsequentes (Intermediário e Final). Na segunda etapa, o Júri Intermediário seleciona 10 finalistas entre os 50 semifinalistas eleitos pelo júri anterior. Por fim, na terceira etapa, o Júri Final escolhe os três vencedores entre os 10 finalistas.

Todos os livros inscritos concorrem entre si, independentemente do gênero literário, pelas três premiações, com valor total de R$ 250 mil – R$ 120 mil para o primeiro colocado; R$ 80 mil para o segundo e R$ 50 mil para o terceiro. No caso dos vencedores serem estrangeiros, os valores serão convertidos em moeda local.

A curadoria desta edição do prémio é formada pela linguista Adelaide Monteiro, de Cabo Verde, a escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, e o jornalistaManuel da Costa Pinto, do Brasil, com coordenação da gestora cultural Selma Caetano.

Parceiros

Neste ano, o Oceanos celebra novo parceiro: a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), de Portugal. Em 2020, o prémio continua com os patrocínios do Banco Itaú, da República de Portugal e da CPFL Energia; os apoios do Itaú Cultural, do Instituto CPFL e do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, além do apoio institucional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).


66.JPG

As vencedoras do Oceanos 2019 Djaimilia Pereira de Almeida, Dulce Maria Cardoso e Nara Vidal durante a celebração dos livros vencedores, na DGLAB, Torre do Tombo, Lisboa. | Foto: Arlindo Homem



oceano2.jpg